30 de out de 2009

...

Não sei o que escrever aqui... Sou o tipo de pessoa que não sabe expressar o que pensa ou sente seja falando, escrevendo, gesticulando ou qualquer outra coisa. No momento minha vida anda sem graça, monótona, sem grandes novidades e expectativas. Como já disse antes em outra postagem, fico esperando o momento em que a cortina vai abrir e o espetáculo vai começar... será que já começou e eu não me dei conta? Então por que essa sensação permamente de bastidores? Bom, ja mencionei antes, mas só pra reforçar, não sei dizer o que se passa comigo, então já vou indo. Sei que essa postagem não acrescentou nada pra mim e muito menos pra qualquer um que leia (se é que alguém entra nesse blog), mas na falta total do que fazer, resolvi colocar algo... mais do mesmo...



Planeta: Terra
Século: XXI

26 de jul de 2009

Demônios Internos

Há muito venho lutando contra meus demônios internos. Uma luta da qual sempre saio perdedora. São tão intensos e internos, que nem a mim mesma revelo-os. Pra quê expor-me ainda mais a eles??!!! Só sei que me maltratam, sufocam, dilaceram e apagam qualquer faísca de esperança, felicidade e bem estar que ouse aparecer. Sinto-me mais viva quando temos nossos embates. É um paradoxo cruel. Neste momento sinto um furacão dentro do meu peito. Ele quer sair e explodir em lágimas salgadas. Permito ou não? E se ele levar embora os monstros que me assombram mas que dão um certo sentido à minha existência estúpida. Minha vontade é de não existir. Anseio pelo dia que não existirei mais. No meu delírio mais sóbrio, imagino que esse será para mim o dia mais feliz. Sinto-me presa. O que me falta? O que sobra? O que não tenho? O que tenho demais? Do que preciso? Não sei. Não sei. Não sei. Não sei. Não sei...
Planeta: Terra
Século: XXI

28 de jun de 2009

Dom Quixote

Acabei de apaixonar-me por essa canção. Achei linda e resolvi postar.
Dom Quixote Engenheiros Do Hawai
(Humberto Gessinger / Paulo Gauvão )
Muito prazer, meu nome é otário
Vindo de outros tempos mas sempre no horário
peixe fora d'água, borboletas no aquário
Muito prazer, meu nome é otário
na ponta dos cascos e fora do páreo puro sangue, puxando carroça
Muito prazer cada vez mais raro
aerodinâmica num tanque de guerra,
vaidades que a terra um dia há de comer.
Ás de espadas fora do baralho
grandes negócios, pequeno empresário.
Muito prazer me chamam de otário
Por amor às causas perdidas...
Tudo bem...
até pode ser que os dragões sejam moinhos de vento
Tudo bem...
seja o que for...
Seja por amor às causas perdidas
Por amor às causas perdidas
Planeta: Terra
Século:XXI

24 de jun de 2009

Ante-sala

Sinto-me completamente perdida e sem ar. Tudo que eu queria, acreditava, sonhava e achava que estava perto de mim; está indo embora. O pior é que não há nada que eu possa fazer, juro que tentei com todas as minhas forças e armas. Parece que minha vida está o tempo todo esperando para acontecer. Numa espécie de ante-sala, observo meus medos, angústias, aflições, amores, paixões, alegrias, aspirações, desejos... Só observo. É meu e não é... Definitivamente, não é meu. Apenas iludo-me achando que sim, mas não é.
Planeta:Terra
Século:XXI

17 de jun de 2009

Meu bebê



Aproveitamos o final de semana prolongado e fomos para a casa da minha mãe em Frutal MG. Lá pude matar a saudade da minha família. Há tempos atrás nosso relacionamento era complicado. Brigávamos muito. Ainda desentendo-me com meu irmão, mas fazer o quê? Temos o mesmo DNA. Aliás, a melhor coisa que ele já fez na vida foi essa coisinha aí da foto. Minha sobrinha Lara. Ela nasceu no dia do aniversário do meu pai; 24/10/2006. Pena que ele já não estava mais conosco para presenciar esse momento. De onde estiver sei que ele ficou muito feliz.

Amo esse pedacinho de gente como se fosse minha. Desejo e espero o melhor para ela. O que estiver ao meu alcance para fazê-la feliz, não tenha dúvida; eu farei.

Planeta: Terra

Século:XXI

10 de jun de 2009

Foda-me!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

O tempo todo fico me perguntando e questionando o motivo de estarmos aqui. Quando as coisas estão legais, acho que estamos neste mundo para sermos o melhor que pudermos. Quando as coisas estão mal, acho que estamos aqui apenas porque tem um filho da puta que gosta de se divertir com a nossa miséria. Agora estou vivendo o segundo momento que mencionei. Às vezes a vida parece uma piada de mal gosto. Nada faz o menor sentido. Sinto-me assim neste momento. Hoje seria o dia ideal para morrer... E daí? Ninguém liga, então; foda-se(me).
Planeta: Terra
Século: XXI

31 de mai de 2009

(Pré)Conceitos

Em abril deste ano presenciamos um fenômemo na internet; o vídeo de Susan Boyle no programa Britain's Got Talent. Todos vimos esse vídeo ou pelo menos ficamos sabendo do seu conteúdo, eu particularmente assisti inúmeras vezes e sempre me emociono (sim, eu sou chorona). Susan chegou ao programa desacreditada, todos riram dela e hostilizaram-na, e o pior é que não foi porque ali estava uma ex-ladra ou alguém sem caráter, mas por sua aparência; por se tratar de alguém que não atendia ao "padrão anoréxico-butolínico-siliconado etc" de beleza dos dias de hoje. O que me emociona é que em momento algum ela se deixou abater pelo cinismo de todos, manteve-se humilde e fez o que estava ali para fazer, cantou divinamente uma canção do musical "Les Miserables" e calou a boca de todos que acharam que ela seria apenas mais uma que "pagaria mico". Apaixonei-me por Susan, sua simpatia, humildade, talento, carisma; queria ela pra mim, achei-a muito fofa rs. Na minha opinião esse foi um grande sinal de alerta para todos nós, foi a materialização perfeita daquele ditado que diz para não julgarmos um livro pela capa.
Ontem foi a final do programa e todos que acreditavam na vitória certa de Susan ficaram decepcionados, quem levou o prêmio de 100 mil libras foi o grupo de dança Diversity. Susan ficou em 2º lugar, mas para muitos ela é a grande vencedora (comprarei todos os cds dela rsrs).
A grande lição que fica para todos nós é que está mais do que na hora de revermos nossos valores e conceitos, ou melhor, nossos pré-conceitos, que são grandes vilões, pois sempre nos roubam ótimas oportunidades de conhecermos coisas, assuntos, pessoas etc, que poderiam fazer uma grande diferença na nossa vida.
Mente aberta, sempre!.

Planeta: Terra
Século:XXI

30 de mai de 2009

Olá!

Olá,
Resolvi aderir a "moda" do blog porque tenho dificuldade de expressar o que penso por meio de palavras, então quero começar a fazê-lo aqui.
Este espaço é sem pretensão alguma, apenas um lugar para expor alguns pensamentos, ideias, opiniões e coisas do gênero; quem sabe assim começo a ter uma vaga ideia de quem sou eu?
Sinta-se a vontade para opinar, se expressar, xingar, mandar praquele santo lugar (mas com classe, hein) etc.
Planeta: Terra
Século: XXI